Menu

Introdução

Definição

Muitas das doenças infecciosas (diarreia, vómitos, infecções oculares, cutâneas, respiratórias ou do sistema nervoso central) que ocorrem durante as viagens estão associadas ao contacto inadvertido (ingestão, inalação de aerossóis ou contacto) com água e/ou alimentos contaminados.

O que fazer

Alimentos: a maioria dos microorganismos é transmitida por via fecal-oral. O cumprimento das medidas de higiene básicas torna-se determinante para a prevenção de muitas doenças infecciosas, sendo o local onde se faz as refeições mais importante do que o tipo de alimentos ingeridos.

Todos os alimentos crus, mal cozinhados ou não pasteurizados estão sujeitos a contaminação, aconselhando-se assim o consumo de alimentos cozinhados (no momento) e servidos quentes.

Alimentos secos são geralmente seguros e em relação à fruta aconselha-se que seja lavada previamente e que seja descascada pelo próprio (evitando frutas que sejam ingeridas com casca).

Os lactentes com menos de 6 meses devem manter aleitamento materno exclusivo ou no caso de aleitamento artificial, este deve ser preparado com água quente (70º C).

Água: em regiões onde se suspeite que a água corrente (da torneira) possa estar contaminada, a sua ingestão (beber, cozinhar ou medidas de higiene como lavar os dentes) deve ser evitada. Como alternativas pode ser utilizada água engarrafada ou água corrente purificada através do calor (fervura), da filtração ou quimicamente (iodo ou cloro).

A fervura da água é o método mais fácil e eficaz, uma vez que todos os organismos (excepto esporos bacterianos que raramente são agentes entéricos transmitidos na água) são erradicados com a fervura (100º C). Recomenda-se assim que a água seja fervida durante pelo menos um minuto (1-3 minutos).Como alternativa utiliza-se água corrente o mais quente possível ao toque (temperatura estimada 55º C).

A água corrente não deve ser utilizada para irrigações nasais ou lavagem de lentes de contacto.

Água recreativa: a água de piscinas, lagos, rios ou mar pode estar contaminada, devendo ser evitada qualquer actividade recreativa em caso de lesões cutâneas (portas de entrada) ou patologia gastrointestinal e/ou água turva ou com cheiro intenso.

Deseja sugerir alguma alteração para este artigo?
Existe algum tema que queira ver na Pedipedia?

Envie as suas sugestões

Newsletter

Receba notícias da Pedipedia no seu e-mail