Menu

Introdução

Como é de todos sabido a realidade epidemiológica relacionada com o aparecimento da doença COVID-19 está a colocar novos e grandes desafios à população e aos profissionais de saúde em todo o mundo.

Apesar do pouco que se sabe acerca deste vírus, em amostras de leite materno analisadas não foram isolados vírus.

Para além das sobejamente conhecidas vantagens da amamentação, é também sabido que os anticorpos específicos dos vírus que infetam a mãe passam através do leite materno, começando a assegurar defesas às crianças amamentadas, mesmo antes das manifestações da doença aparecerem.

Assim sendo é fortemente recomendado que as mães continuem a amamentar mesmo em caso de infeção por este vírus.

A principal fonte de contágio são as secreções nasais e bucais, pelo que deve ser assegurada previamente uma boa lavagem ou desinfeção das mãos e colocação de máscara ou lenço que proteja nariz e boca, impedindo a emissão de gotículas infetadas para a criança.

Se a mãe tiver que ser afastada da criança por apresentar um estado de saúde mais agravado, deve ser auxiliada a fazer a extração do leite, que será oferecido à criança por outro cuidador.

Amamentar é proteger.

Saber Mais

  1. ABM STATEMENT ON CORONAVIRUS 2019 (COVID-19) March 10, 2020
  2. CDC. Interim Guidance on Breastfeeding for a Mother Confirmed or Under Investigation For COVID-19. 2020 Feb 25
  3. WHO Infection prevention and control during health care when novel coronavirus (nCoV) infection is suspected. 25 jan 2020

Deseja sugerir alguma alteração para este artigo?
Existe algum tema que queira ver na Pedipedia?

Envie as suas sugestões

Newsletter

Receba notícias da Pedipedia no seu e-mail